• Notícias de Última Hora

    domingo, 10 de dezembro de 2017

    Setor de Cadastro Único realiza mutirão de visitas às comunidades rurais de Caraúbas (RN)

    Na manhã da sexta-feira (08), o setor de Cadastro Único esteve realizando um mutirão de visitas na comunidade de Santo Antônio.

    O objetivo destas visitas é atender usuários que estão com seus cadastros desatualizados  e Benefício de Prestação Continuada (BPC), voltado a idosos e pessoas com deficiência, que devem estar obrigatoriamente inscritos no Cadastro Único.

    Segundo o coordenador Ubirajara Praxedes o município hoje possui 5.624  famílias inseridas no Cadastro Único, onde 3.590  Famílias são  beneficiárias do Programa Bolsa Família.

    Essas famílias beneficiárias equivalem, aproximadamente, a 40,85% da população total do município, e inclui 2.021 famílias que, sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza.

    A secretária de Assistência Social Sânsia Cristina Fernandes Maia Brasil, relatou que o município já alcançou a meta de atendimento do programa, já que o foco da gestão municipal é trabalhar na manutenção da atualização cadastral dos beneficiários, para evitar que famílias que ainda precisam do benefício tenham o pagamento interrompido.

    A qualidade dos dados cadastrais aumenta a possibilidade de que todas as famílias pobres e extremamente pobres do município sejam beneficiárias do Programa.

    Saiba Mais:

    Periodicamente, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) convoca as famílias beneficiárias do PBF para atualizarem seus cadastros nos processos de revisão cadastral e averiguação cadastral. Em cada um desses processos, as famílias são organizadas em grupos, com prazos diferenciados para a atualização cadastral.

    Na revisão cadastral são convocadas as famílias que estão sem atualizar o cadastro há mais de 24 meses. No seu município, das 1.356 famílias convocadas no ano de 2017, 477 ainda não atualizaram o cadastro e podem ter o benefício cancelado caso não cumpram o prazo para a atualização. Essas famílias representam 13,29% do total de beneficiários do programa no município.

    Na Averiguação Cadastral, são convocadas as famílias identificadas com informações divergentes entre o Cadastro Único e outras bases de dados do governo federal. No seu município, das 1.178 famílias convocadas no ano de 2017, 632 ainda não atualizaram o cadastro e podem ter o benefício cancelado caso não cumpram o prazo para a atualização. Essas famílias representam 17,60% do total de beneficiários do programa no município.

    A Taxa de Atualização Cadastral (TAC) do município é de 78,88%, enquanto que a média nacional encontra-se em 73,16%. A TAC é calculada dividindo o número de famílias cadastradas com renda mensal per capita de até ½ salário mínimo com cadastro atualizado pelo total de famílias cadastradas com renda mensal per capita de até ½ salário mínimo, multiplicado por cem.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture