Vírus ‘superpoderoso’ está atacando celulares no Brasil; como evitar

O vírus Loapi, que afeta dispositivos Android, tem um poder de multidisciplinaridade – ou seja, afeta diferentes recursos do smartphone. De acordo com a empresa de segurança digital Kaspersky Lab os países latino-americanos mais afetados pelo malware são Brasil, México, Chile, Panamá e Peru.
De acordo com a BBC, o vírus está sendo espalhado por meio de anúncios falsos de antivírus ou aplicativos para adultos. Assim que instalado, o malware pede permissões do dono do celular para assumir o controle do dispositivo. Desta forma, instala módulos que impactam diretamente as funções do celular. Entre eles, consegue assinar serviços de pagamentos via SMS sem deixar rastros e controlar recursos do telefone para criar criptomoedas.
“O Loapi incorporou quase todas as características possíveis para poder usá-las para diferentes tipos de atividades maliciosas, com a intenção de ganhar dinheiro ilegal”, diz Nikita Buchka, especialista em segurança da Kaspersky Lab.
Segundo a reportagem, a empresa de segurança garante que se o telefone já foi afetado, é muito difícil eliminar o vírus. Mas, se ainda não é o caso, você pode tomar algumas precauções:
– Desative a opção que permite a instalação automática de aplicativos;
– Certifique-se de ter a versão mais recente do seu sistema operacional – as empresas os aperfeiçoam para reduzir vulnerabilidades;
– Se o seu telefone já está comprometido, a empresa recomenda a instalação de um antivírus de uma marca reconhecida, que ofereça garantias.
Vírus ‘superpoderoso’ está atacando celulares no Brasil; como evitar Vírus ‘superpoderoso’ está atacando celulares no Brasil; como evitar Reviewed by Ricardo Adriano on janeiro 12, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste