Adbox
Tecnologia do Blogger.

Liturgia da Palavra de hoje (9)

Primeira Leitura (1Rs 11,29-32; 12,19)
Leitura do Primeiro Livro dos Reis.
11,29Aconteceu, naquele tempo, que, tendo Jeroboão saído de Jerusalém, veio ao seu encontro o profeta Aías, de Silo, coberto com um manto novo. Os dois achavam-se sós no campo. 30Aías, tomando o manto novo que vestia, rasgou-o em doze pedaços 31e disse a Jeroboão: “Toma para ti dez pedaços. Pois assim fala o Senhor, Deus de Israel: Eis que vou arrancar o reino das mãos de Salomão e te darei dez tribos.
32Mas ele ficará com uma tribo, por consideração para com meu servo Davi e para com Jerusalém, cidade que escolhi dentre todas as tribos de Israel”. 12,19Israel rebelou-se contra a casa de Davi até o dia de hoje.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 80)
— Ouve, meu povo, porque eu sou o teu Deus!
— Ouve, meu povo, porque eu sou o teu Deus!
— Em teu meio não exista um deus estranho nem adores a um deus desconhecido! Porque eu sou o teu Deus e teu Senhor, que da terra do Egito te arranquei.
— Mas meu povo não ouviu a minha voz, Israel não quis saber de obedecer-me. Deixei, então, que eles seguissem seus caprichos, abandonei-os ao seu duro coração.
— Quem me dera que meu povo me escutasse! Que Israel andasse sempre em meus caminhos! Seus inimigos, sem demora, humilharia e voltaria minha mão contra o opressor.

Evangelho (Mc 7,31-37)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 31Jesus saiu de novo da região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galileia, atravessando a região da Decápole. 32Trouxeram então um homem surdo, que falava com dificuldade, e pediram que Jesus lhe impusesse a mão. 33Jesus afastou-se com o homem, para fora da multidão; em seguida, colocou os dedos nos seus ouvidos, cuspiu e com a saliva tocou a língua dele. 34Olhando para o céu, suspirou e disse: “Efatá!”, que quer dizer: “Abre-te!” 35Imediatamente seus ouvidos se abriram, sua língua se soltou e ele começou a falar sem dificuldade.
36Jesus recomendou com insistência que não contassem a ninguém. Mas, quanto mais ele recomendava, mais eles divulgavam. 37Muito impressionados, diziam: “Ele tem feito bem todas as coisas: Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Jesus toca todos os nossos sentidos, porque todos eles precisam ser curados, purificados e renovados por Ele.
Por vezes, nos preocupamos com a “cera” que entra em nossos ouvidos e essa preocupação não é ruim; é bom que cuidemos, porque esta nos faz mal, mas, não é a cera que torna os nossos ouvidos impuros, e sim, o que escutamos: maldades que vêm do mundo, as malícias que estão ao nosso redor e as fofocas. Essas impurezas entram em nós e não imaginamos o mal que fazem ao penetrar o nosso coração e na nossa vida.
Sabemos que, aquilo que ouvimos vai para o nosso coração, e também para a nossa cabeça, porque, “a boca fala daquilo que coração está cheio”. Por este motivo que a nossa língua, também, fica doente e enferma: falamos e escutamos o mal. Nós falamos fofoca, porque escutamos fofoca; nós espalhamos mentiras e confusões, porque é o que escutamos.
Esse homem está enfermo como também nós nos encontramos doentes. Sabe por quê? Porque os nossos ouvidos não conseguem mais escutar a Deus como deveríamos ouvir.
Percebemos logo quando uma criança chega à adolescência o quanto os seus ouvidos ficam feridos. Como? A criança escuta a voz do pai e da mãe quando ainda nem sabe falar e os ouvidos estão atentos a voz do pai até de longe; o adolescente quando é tomado pela rebeldia, ele não quer mais escutar a voz do pai e da mãe, só escuta as vozes do mundo e do coração dele. Assim nós, também, estamos.
Os nossos ouvidos estão rebeldes e não escutam a voz de Deus, e, uma vez que, nós não escutamos, não temos o que falar. Nos falamos do mundo, das coisas mundanas, das confusões e das maldades do mundo. Quando as pessoas se encontram e perguntam quais são as novidades, elas sempre falam da vida dos outros. Se a boca só consegue falar maldade é porque o ouvido só escuta isso.
No entanto, Jesus vai no chão, cospe nele e com a saliva, Ele toca com os dedos os ouvidos daquele homem.
Os dedos de Jesus quer tocar os nossos ouvidos para purificá-los e, também, limpar o que ouvimos. E, assim, a saliva d’Ele possa tocar a nossa boca e língua. E aquilo que sair, seja para a nossa edificação.
Permita, meus irmãos, sermos tocados por Jesus e que os nossos ouvidos sejam curados por Ele. E, aquilo que entrar pelos nossos ouvidos, seja o que instrua, renove e santifique, e também, a nossa língua seja sarada e curada por Deus.
Deus abençoe você!
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: