Liturgia da Palavra de hoje (9)

Primeira Leitura (1Rs 11,29-32; 12,19)
Leitura do Primeiro Livro dos Reis.
11,29Aconteceu, naquele tempo, que, tendo Jeroboão saído de Jerusalém, veio ao seu encontro o profeta Aías, de Silo, coberto com um manto novo. Os dois achavam-se sós no campo. 30Aías, tomando o manto novo que vestia, rasgou-o em doze pedaços 31e disse a Jeroboão: “Toma para ti dez pedaços. Pois assim fala o Senhor, Deus de Israel: Eis que vou arrancar o reino das mãos de Salomão e te darei dez tribos.
32Mas ele ficará com uma tribo, por consideração para com meu servo Davi e para com Jerusalém, cidade que escolhi dentre todas as tribos de Israel”. 12,19Israel rebelou-se contra a casa de Davi até o dia de hoje.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 80)
— Ouve, meu povo, porque eu sou o teu Deus!
— Ouve, meu povo, porque eu sou o teu Deus!
— Em teu meio não exista um deus estranho nem adores a um deus desconhecido! Porque eu sou o teu Deus e teu Senhor, que da terra do Egito te arranquei.
— Mas meu povo não ouviu a minha voz, Israel não quis saber de obedecer-me. Deixei, então, que eles seguissem seus caprichos, abandonei-os ao seu duro coração.
— Quem me dera que meu povo me escutasse! Que Israel andasse sempre em meus caminhos! Seus inimigos, sem demora, humilharia e voltaria minha mão contra o opressor.

Evangelho (Mc 7,31-37)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 31Jesus saiu de novo da região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galileia, atravessando a região da Decápole. 32Trouxeram então um homem surdo, que falava com dificuldade, e pediram que Jesus lhe impusesse a mão. 33Jesus afastou-se com o homem, para fora da multidão; em seguida, colocou os dedos nos seus ouvidos, cuspiu e com a saliva tocou a língua dele. 34Olhando para o céu, suspirou e disse: “Efatá!”, que quer dizer: “Abre-te!” 35Imediatamente seus ouvidos se abriram, sua língua se soltou e ele começou a falar sem dificuldade.
36Jesus recomendou com insistência que não contassem a ninguém. Mas, quanto mais ele recomendava, mais eles divulgavam. 37Muito impressionados, diziam: “Ele tem feito bem todas as coisas: Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Jesus toca todos os nossos sentidos, porque todos eles precisam ser curados, purificados e renovados por Ele.
Por vezes, nos preocupamos com a “cera” que entra em nossos ouvidos e essa preocupação não é ruim; é bom que cuidemos, porque esta nos faz mal, mas, não é a cera que torna os nossos ouvidos impuros, e sim, o que escutamos: maldades que vêm do mundo, as malícias que estão ao nosso redor e as fofocas. Essas impurezas entram em nós e não imaginamos o mal que fazem ao penetrar o nosso coração e na nossa vida.
Sabemos que, aquilo que ouvimos vai para o nosso coração, e também para a nossa cabeça, porque, “a boca fala daquilo que coração está cheio”. Por este motivo que a nossa língua, também, fica doente e enferma: falamos e escutamos o mal. Nós falamos fofoca, porque escutamos fofoca; nós espalhamos mentiras e confusões, porque é o que escutamos.
Esse homem está enfermo como também nós nos encontramos doentes. Sabe por quê? Porque os nossos ouvidos não conseguem mais escutar a Deus como deveríamos ouvir.
Percebemos logo quando uma criança chega à adolescência o quanto os seus ouvidos ficam feridos. Como? A criança escuta a voz do pai e da mãe quando ainda nem sabe falar e os ouvidos estão atentos a voz do pai até de longe; o adolescente quando é tomado pela rebeldia, ele não quer mais escutar a voz do pai e da mãe, só escuta as vozes do mundo e do coração dele. Assim nós, também, estamos.
Os nossos ouvidos estão rebeldes e não escutam a voz de Deus, e, uma vez que, nós não escutamos, não temos o que falar. Nos falamos do mundo, das coisas mundanas, das confusões e das maldades do mundo. Quando as pessoas se encontram e perguntam quais são as novidades, elas sempre falam da vida dos outros. Se a boca só consegue falar maldade é porque o ouvido só escuta isso.
No entanto, Jesus vai no chão, cospe nele e com a saliva, Ele toca com os dedos os ouvidos daquele homem.
Os dedos de Jesus quer tocar os nossos ouvidos para purificá-los e, também, limpar o que ouvimos. E, assim, a saliva d’Ele possa tocar a nossa boca e língua. E aquilo que sair, seja para a nossa edificação.
Permita, meus irmãos, sermos tocados por Jesus e que os nossos ouvidos sejam curados por Ele. E, aquilo que entrar pelos nossos ouvidos, seja o que instrua, renove e santifique, e também, a nossa língua seja sarada e curada por Deus.
Deus abençoe você!
Liturgia da Palavra de hoje (9) Liturgia da Palavra de hoje (9) Reviewed by Ricardo Adriano on fevereiro 09, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste