Adbox
Tecnologia do Blogger.

Equipe da Secretaria de Assistência Social discute nivelamento conceitual sobre violação de direitos de crianças e adolescentes

A assistente social Isabel Mota que ministrou todo o encontro
Na manhã desta segunda-feira 23, as equipes dos diversos seguimentos da Assistência Social, se reuniram pra discutir sobre a questão do nivelamento conceitual sobre violação de direitos de crianças e adolescentes e o papel dos atores da rede de atendimento e do sistema de garantia de direitos. 

A reunião aconteceu no Auditório do Palácio Jonas Gurgel, e foi coordenada pela assistente social, Isabel Mota, que discutiu sobre diversos casos que acontecem rotineiramente no trabalho de cada profissional, como a socialização e debate de conceitos sobre violência, suas formas e tipologias, onde foi feito apresentado através de slides e exposição oral bem como trabalhos de grupos.

Foi realizada ainda na reunião a apresentação da rede de atendimento à criança e adolescente vítimas de violência, destacando o fluxo de atendimento e qual o papel de cada ator dentro desse processo.

Segundo a assistente Isabel Mota, o momento serviu para nivelamento conceitual dos profissionais da Assistência Social sobre a questão da violação de direitos contra as crianças e adolescentes, focando na questão da violência sexual que já é preparando a equipe para trabalhar a campanha do 18 de Maio. “Então a questão foi nivelar deixar todos os profissionais inteirando na questão da discussão sobre violência para que eles tenham condições de trabalhar junto com os usuários na campanha se aproxima, e também todos os dias”, enfatizou a assistente.

Para a secretária de Assistência Social, Sânsia Cristina Fernandes Maia Brasil, é de fundamental importância este nivelamento, onde todos trabalham com um público vulnerável, e devem sempre está preparados e capacitados para enfrentar as questões do dia a dia. Durante as exposições os participantes puderam falar um pouco de cada vivência de trabalho, e as dificuldades cotidianas enfrentadas.

Participaram da reunião a assistente social da Proteção especial, Patrícia Rayane; presidente Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS, assistente social Pryscylla Rayanny Lima Vieira, os coordenadores dos Centros de Referência de Assistência Social- Cras; Adriana Rocha Cras “Manoel Maria” e Ricardo Adriano,  “Edgardo Braga” e funcionários, coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social - Creas, Valdelice Gurgel e funcionários; e também toda a equipe do Programa “Criança Feliz”.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: