Adbox
Tecnologia do Blogger.

Liturgia da Palavra de hoje (25)

Primeira Leitura (1Pd 5,5b-14)
Leitura da Primeira Carta de São Pedro.
Caríssimos, 5brevesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes. 6Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte.
7Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois ele é quem cuida de vós. 8Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. 9Resisti-lhe, firmes na fé, certos de que iguais sofrimentos atingem também os vossos irmãos pelo mundo afora. 10Depois de terdes sofrido um pouco, o Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória eterna, em Cristo, vos restabelecerá e vos tornará firmes, fortes e seguros.
11A ele pertence o poder, pelos séculos dos séculos. Amém. 12Por meio de Silvano, que considero um irmão fiel junto de vós, envio-vos esta breve carta, para vos exortar e para atestar que esta é a verdadeira graça de Deus, na qual estais firmes. 13A igreja que está em Babilônia, eleita como vós, vos saúda, como também, Marcos, o meu filho. 14Saudai-vos uns aos outros com o abraço do amor fraterno. A paz esteja com todos vós que estais em Cristo.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 88)
— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor.
— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor.
— Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” E a vossa lealdade é tão firme como os céus.
— Anuncia o firmamento vossas grandes maravilhas, e o vosso amor fiel, a assembleia dos eleitos, pois, quem pode, lá nas nuvens ao Senhor se comparar e quem pode, entre seus anjos, ser a ele semelhante?
— Quão feliz é aquele povo que conhece a alegria; seguirá pelo caminho, sempre à luz de vossa face! Exultará de alegria em vosso nome dia a dia, e com grande entusiasmo exaltará vossa justiça.

Evangelho (Mc 16,15-20)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos, 15e disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas; 18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados”.
19Depois de falar com os discípulos, o Senhor Jesus foi levado ao céu, e sentou-se à direita de Deus. 20Os discípulos então saíram e pregaram por toda parte. O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra por meio dos sinais que a acompanhavam.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Hoje, celebramos o evangelista São Marcos. Ele era muito jovem quando começou a seguir Jesus; foi na casa dele que se realizou a última Ceia, segundo o que tradição nos relata. Mas, o que mais conhecemos dele é o seu Evangelho curto, porém, o mais preciso e direto, aquele que nos apresenta quem é Jesus. Ele nos faz entender a verdade fundamental: Jesus é o Filho de Deus.
Uma vez que, reconhecemos em Jesus o Filho de Deus, Ele nos dá uma missão: anunciar o Evangelho a toda criatura. O Evangelho escrito, narrado e testemunhado a nós, foi-nos dado para que tenhamos a vida em Deus. Conhecemos a vida de Cristo e a vida que Ele nos trouxe, porque esse Evangelho chegou aos nossos corações.
A ordem que foi dada aos discípulos é a mesma que nos foi dada: pregar o Evangelho a toda criatura. Talvez, pensemos no mundo globalizado; distante; longe; com pessoas que não conhecem o Evangelho, contudo, o Evangelho precisa ser pregado no mundo em que estamos.
Há muitas pessoas próximas de nós que não conhecem o Evangelho e nós, muitas vezes, estamos próximos dele, mas não o conhecemos. O Evangelho tem de ser pregado, primeiro para nós mesmos, pois somos os primeiros que precisam recebê-lo, e o que recebemos precisamos dar.
Os discípulos receberam muito do Senhor, e o “muito” que receberam, levaram para os outros, porque o discípulo não retém para si, ele leva para o outro aquilo que ele recebeu. A nossa missão no mundo de hoje é a de anunciar o Evangelho!
O que é anunciar o Evangelho? É falar de Jesus, é pregá-Lo, anunciá-Lo. Não é piegas, não é beatice, pelo contrário, é vida transformada.
No mundo em que estamos se fala de tudo: nas redes sociais, nas conversas que levamos aqui e ali, mas falamos pouco ou quase nada de Jesus. Estamos restringindo falar de Jesus quando vamos à Igreja, quando nos reunimos nos grupos de oração, mas a verdade é que, em todos os ambientes: no trabalho que fazemos; nas redes sociais que usamos; precisamos anunciar e proclamar Jesus. 
Não podemos querer nos anunciar e nem nos “aparecermos” às custas de Jesus, precisamos usar o que somos para que, através de nós, Jesus seja conhecido, amado e glorificado, porque só Ele tem palavras que salvam a nossa vida.
Deus abençoe você!
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: