Reservatórios têm melhorado bastante durante períodos chuvosos que vem caindo em todo o estado do Rio Grande do Norte.




Com o retorno das chuvas que caíram no interior do Estado do Rio Grande do Norte, tem proporcionado uma melhoria dos principais reservatórios do estado, que vem sendo divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN). O relatório da situação tem mostrado uma boa quantidade liquida. Nesta segunda-feira (9), o que indica a saída de alguns reservatórios do chamado “volume morto” com uma redação dos mananciais secos.
Entre os 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos monitorados pelo o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do IGARN, atualmente, 15 estão em volume morto em termos percentuais 31,91% dos mananciais monitorados. Em questão comparativa, no último relatório, divulgado no dia 2 de abril, os reservatórios em volume morto eram de aproximadamente 19, o que representava 40,42% do total de mananciais monitorados.

E que os reservatórios que ainda se encontram seco são 6, em termos percentuais 12,76%. No dia 2 de abril, 11 reservatórios ainda estavam sem águas, o que representativa 23,40% dos açudes potiguares monitorados. Os açudes, Flechas, em José da Penha; Lucrécia, Brejo, em Olho d´água dos Borges; Santa Cruz do Trairi e Inharé ambos em Santa Cruz foram os açudes que se encontravam secos e receberam recarga.

O açude Boqueirão, localizado em Parelhas, recebeu uma grande recarga.
No relatório do dia 2 de abril, o reservatório estava com 14,238 milhões de metros cúbicos, percentualmente, 16,79% da capacidade total do reservatório.
E que atualmente está com 30,847% milhões de metros cúbicos, correspondentes a 36,41% de sua capacidade máxima, que é de 84,792 milhões de m³.

O açude Boqueirão, localizado em Parelhas, recebeu grande recarga. No relatório do dia 2 de abril, o reservatório estava com 14,238 milhões de metros cúbicos, percentualmente, 16,79% da capacidade total do reservatório. Atualmente está com 30,874 milhões de metros cúbicos, correspondentes a 36,41% do seu acumulado máximo, que é de 84,792 milhões de m³.

Reservatórios têm melhorado bastante durante períodos chuvosos que vem caindo em todo o estado do Rio Grande do Norte. Reservatórios têm melhorado bastante durante períodos chuvosos que vem caindo em todo o estado do Rio Grande do Norte. Reviewed by Paulo play on abril 10, 2018 Rating: 5

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste