Adbox
Tecnologia do Blogger.

Turma do STF manda Cabral voltar para prisão no Rio e proíbe uso de algemas

Ex-governador do Rio Sérgio Cabral chega ao IML de Curitiba (PR) para exame de corpo de delito - GIULIANO GOMES/PR PRESS
Por maioria, os ministros da Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) determinaram o retorno imediato do ex-governador Sérgio Cabral (MDB-RJ), que está preso no Paraná, para uma prisão no Rio.
Também decidiram abrir investigação, sob os cuidados do ministro Gilmar Mendes, para apurar supostos abusos na transferência de Cabral para o Paraná, como o uso de algemas.
O ex-governador, réu em 22 ações penais na Justiça Federal no Rio, foi transferido em janeiro deste ano para o Paraná por ordem dos juízes federais Sergio Moro, de Curitiba, e Caroline Vieira Figueiredo, do Rio.
A transferência foi determinada por causa de supostas regalias a que Cabral teria tido acesso no sistema prisional fluminense. As cenas do deslocamento causaram polêmica à época: o político chegou ao IML de Curitiba em 19 de janeiro para fazer o exame de corpo de delito com algemas nas mãos e uma corrente nos pés.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.