Em guardanapo, petistas deixaram recado para Sergio Moro

“Com base no direito de petição e no Pacto de São José da Costa Rica, rogamos a liberdade de Luiz Inácio Lula da Silva, condenado sem provas, preso político. Para deferimento.” O recado, assinado por uma comitiva de deputados estaduais e militantes do PT paulista presentes em Curitiba para acompanhar as manifestações pró-Lula, foi escrito em um guardanapo de restaurante, onde o grupo jantava.
A data é 12 de abril, cinco dias depois da chegada de Lula à carceragem da Polícia Federal em Curitiba. O restaurante especializado em carnes funciona há 12 anos no mesmo endereço, no bairro Juvevê, zona norte de Curitiba, e é conhecido por ser o predileto do juiz Sergio Moro.
A presença do magistrado fez do local ponto de encontro dos apoiadores da Lava Jato. Desde a prisão de Lula, porém, políticos e militantes petistas também têm procurado o estabelecimento. Moro não recebeu o recado. O guardanapo foi guardado pela direção do restaurante.
Em guardanapo, petistas deixaram recado para Sergio Moro Em guardanapo, petistas deixaram recado para Sergio Moro Reviewed by Ricardo Adriano on junho 11, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste