Política - Fachin quebra sigilo telefônico de dois ministros, mas poupa Temer

O presidente da República,
Michel Temer (MDB)
(Marcos Correa/PR/Flickr/Divulgação)
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta quinta-feira, 7, o pedido da Polícia Federal para quebrar o sigilo telefônico do presidente Michel Temer no inquérito que investiga se a Odebrecht pagou 10 milhões de reais em propina ao grupo político do emedebista. Fachin, por outro lado, determinou a quebra do sigilo telefônico dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e de Minas e Energia, Moreira Franco, na mesma investigação.
A decisão do ministro, relator da Operação Lava Jato no Supremo, atende à manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR), que concordou com a quebra de sigilo nos casos de Padilha e Moreira, mas poupou Temer. Com o levantamento do sigilo telefônico, não será possível que se recupere o conteúdo de conversas, mas apenas se mapeie ligações e seus interlocutores.
Política - Fachin quebra sigilo telefônico de dois ministros, mas poupa Temer Política - Fachin quebra sigilo telefônico de dois ministros, mas poupa Temer Reviewed by Ricardo Adriano on junho 08, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste