Melhores cidades brasileiras para ver eclipse com Lua de Sangue desta sexta-feira (27)

DARKFOXELIXIR/SHUTTERSTOCK
O entardecer de sexta-feira, 27 de julho, trará um fenômeno astronômico que poderá ser visto no céu de boa parte do Brasil: o eclipse lunar mais longo do século 21.
Por 1 hora e 43 minutos, a Lua atravessará a região de sombra que a Terra projeta no espaço ("abrigada" da luz do Sol), em eclipse total. Isso dará ao satélite natural uma coloração avermelhada, chamada popularmente de "Lua de Sangue". Para quem gosta de astronomia, uma oportunidade e tanto de apreciar um espetáculo no céu.
Consultamos a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) para entender de quais cidades será mais fácil ver o eclipse lunar e o horário do evento em algumas localidades.
NASA'S GODDARD SPACE FLIGHT CENTER
Boa parte do Brasil terá condições de assistir ao eclipse lunar do dia 27 de julho, mas, quanto mais próximo da costa for sua cidade, mais fácil será de olhar o fenômeno acontecendo.
É que no momento do eclipse total, além de a Lua ficar avermelhada, ela estará sobre o Oceano Índico (tanto que o continente africano, banhado por ele na porção oriental, será um dos melhores lugares do globo para se ver).
"E quanto mais próximo desse ponto, mais fácil será ver o eclipse", explica o professor de astronomia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e coordenador de imprensa da SAB Thiago Signorini Gonçalves.
Por isso, os lugares onde a visualização será possível estão na área que verá o eclipse total, identificada pela faixa verde no mapa abaixo. Além disso, quanto mais à direita estiver sua cidade no mapa, melhor será a visualização do fenômeno.
Entre as cidades estão Recife, que será a primeira capital brasileira a ver o eclipse, Vitória, Natal e Salvador (assim como as cidades próximas a elas).
Mesmo cidades mais no interior do país, como São Paulo e Brasília, verão o fenômeno, mas não tão bem quanto quem estará no litoral.
GUSTAVO ROJAS/SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA (SAB)


Onde será possível ver no Brasil e em que hora

Por conta do posicionamento do país no globo terrestre, nós só conseguiremos presenciar a metade final do eclipse.
Segundo Gustavo Rojas, pesquisador da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) e membro da SAB, esse tempinho a menos em relação a outros lugares se dá porque quando a Lua aparecer no horizonte leste brasileiro ao final da tarde, ela já estará eclipsada.
ROMOLO TAVANI/SHUTTERSTOCK
Mas não desanime: em alguns lugares do Brasil, será possível ver a Lua saindo lentamente da sombra da Terra por quase uma hora.
Fase total
A fase total do eclipse desta sexta-feira acontecerá das 16h30 às 18h13. Mas, só valerá a pena olhar para o céu brasileiro a partir das 17h15 e em Recife, que será a primeira localidade a avistar o fenômeno.
Outras cidades do Nordeste, Centro-Sudeste e Sul também conseguirão acompanhar esse momento.
A SAB fez uma lista com o horário do nascer da Lua em algumas capitais brasileiras. Assim, dá para ter uma estimativa do momento em que será possível observar o fenômeno:
  • Recife: 17h15
  • Vitória: 17h18
  • Natal: 17h19
  • Salvador: 17h22
  • Rio de Janeiro: 17h26
  • Belo Horizonte: 17h34
  • Fortaleza: 17h36
  • São Paulo: 17h39
  • Florianópolis: 17h40
  • Porto Alegre: 17h46
  • Curitiba: 17h47
  • Brasília: 17h57
De acordo com o astrônomo Thiago Signorini Gonçalves, em locais onde a Lua vai nascer por volta das 17h30, como no Rio de Janeiro, a fase total do eclipse já terá começado e a Lua ainda estará relativamente baixa no horizonte.
"Dessa forma, o melhor para observar o eclipse é ter uma visão desobstruída da direção leste, onde o sol nasce todos os dias. Para a maior parte das pessoas na costa, isso é mais ou menos na direção do mar", explicou ao VIX.
Fase parcial e penumbra
Nas cidades onde a Lua nascerá após as 18h13, só será possível assistir à fase parcial (que vai até 19h19) do eclipse. A fase parcial é quando só uma parte da lua é preenchida pela sombra da Terra.
De acordo com mapa divulgado pela Sociedade, estão inclusas as cidades dos estados de Pará, Mato Grosso, Rondônia, parte do Mato Grosso do Sul e parte de Roraima e do Amazonas.
Para quem estiver em regiões de interior, a visibilidade vai ser um pouco mais afetada. "Infelizmente, sobretudo nestas áreas nas regiões Centro-Oeste e Norte, será impossível ver a fase total do eclipse. No máximo, poderão ver a Lua saindo da sombra da Terra", comenta o professor.
Por fim, a fase penumbral ocorrerá até as 20h28. Mas ela é quase imperceptível a olho nu - por isso, as pessoas que moram nas regiões do Acre, parte do Amazonas e de Roraima dificilmente conseguirão ver alguma coisa no céu.
Eclipse pode ser visto a olho nu
Por ser um eclipse lunar, que não prejudica a visão como acontece no eclipse solar, é válido usar binóculos, lunetas e outros instrumentos que consigam focar o evento astronômico.
O fato de ser mais fácil ver a ocorrência na litoral também será uma boa condição para garantir o céu claro, fundamental para a visibilidade de qualquer evento astronômico. "Neste caso, como a lua estará próxima ao horizonte, esperamos que não haja muitas nuvens baixas na direção do mar".

O que acontecerá no céu durante eclipse?

Além do eclipse mais longo do século, a noite de 27 de julho reserva aos admiradores a chamada "Lua de sangue".
O satélite natural terá uma coloração avermelhada, causada pela refração da luz solar pela atmosfera terrestre. Tudo tem a ver com a posição do Sol, da Terra e da Lua durante o evento: o satélite é coberto totalmente pela Terra, que bloqueia a luz do sol.
Dessa forma, a coloração prateada-azulada brilhante da Lua dá lugar ao vermelho, que remete a sangue. Daí vem o nome, que não é muito comum entre os astrônomos.
Fases e ocorrência do eclipse
Ao todo, o eclipse vai durar 6 horas e 13 minutos, na sequência das fases penumbral, parcial e total, parcial e penumbral.
Vale lembrar que são eventos relativamente frequentes, que acontecem pelo menos duas vezes por ano em algum lugar da Terra. O último eclipse lunar total visível do Brasil foi em 27 de setembro de 2015 e o próximo será em 21 de janeiro de 2019.
Melhores cidades brasileiras para ver eclipse com Lua de Sangue desta sexta-feira (27) Melhores cidades brasileiras para ver eclipse com Lua de Sangue desta sexta-feira (27) Reviewed by Ricardo Adriano on julho 27, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste