Em Natal (RN) morador de rua é preso por fazer necessidades fisiológicas em local público e B.O. de delegado viraliza nas redes sociais

BO redigido pelo delegado
Como se não bastasse as excreções realizadas por vários atores das mais variadas áreas administrativas de nosso país, no dia 5 de agosto, um pobre morador de rua, fora conduzido para uma delegacia de Polícia Civil,  coercitivamente, por ter realizado suas necessidades fisiológicas em lugar público. 

O fato se deu na cidade de Natal, quando, por motivo óbvio (dor de barriga), não tendo lugar adequado para tal bagatela, fora pego em flagrante cometendo o tal "crime" - fazendo cocô.

O delegado Aldo Lopes de Araújo, indignado com tal abordagem e desnecessária apreensão, redigiu de forma irônica e autêntica, diga-se de passagem não usual, o Boletim de Ocorrência (BO), usando palavras que mostrava a literalidade da ocorrência e da perca de tempo com tal pujança. Seu texto viralizou  nas redes sociais e chamou muito a atenção dos internautas com tal fato.

Brasil, o país de muitas cagadas.
Em Natal (RN) morador de rua é preso por fazer necessidades fisiológicas em local público e B.O. de delegado viraliza nas redes sociais Em Natal (RN) morador de rua é preso por fazer necessidades fisiológicas em local público e B.O. de delegado viraliza nas redes sociais Reviewed by Ricardo Adriano on agosto 09, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste