Liturgia da Palavra de hoje (4)

Primeira Leitura (Jó 19,21-27)
Leitura do Livro de Jó.
Disse Jó: 21“Piedade, piedade de mim, meus amigos, pois a mão de Deus me feriu! 22Por que me perseguis como Deus, e não vos cansais de me torturar? 23Gostaria que minhas palavras fossem escritas e gravadas numa inscrição 24com ponteiro de ferro e com chumbo, cravadas na rocha para sempre! 25Eu sei que o meu redentor está vivo e que, por último, se levantará sobre o pó; 26e depois que tiverem destruído esta minha pele, na minha carne, verei a Deus. 27Eu mesmo o verei, meus olhos o contemplarão, e não os olhos de outros. Dentro de mim consomem-se os meus rins”.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 26)
— Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver, na terra dos viventes.
— Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver, na terra dos viventes.
— Ó Senhor, ouvi a voz do meu apelo, atendei por compaixão! Meu coração fala convosco confiante, e os meus olhos vos procuram.
— Senhor é vossa face que eu procuro; não me escondais a vossa face! Não afasteis em vossa ira o vosso servo, sois vós o meu auxílio! Não me esqueçais nem me deixeis abandonado, meu Deus e Salvador!
— Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver na terra dos viventes. Espera no Senhor e tem coragem, espera no Senhor!

Evangelho (Lc 10,1-12)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 1o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir.
2E dizia-lhes: “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos”. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. 3Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. 4Não leveis bolsa nem sacola nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! 5Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘A paz esteja nesta casa!’ 6Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. 7Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa.
8Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, 9curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: ‘O Reino de Deus está próximo de vós’.
10Mas, quando entrardes numa cidade e não fordes bem recebidos, saindo pelas ruas, dizei: 11‘Até a poeira de vossa cidade que se apegou aos nossos pés, sacudimos contra vós. No entanto, sabei que o Reino de Deus está próximo!’ 12Eu vos digo que, naquele dia, Sodoma será tratada com menos rigor do que essa cidade”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Os discípulos de Jesus levavam o Reino de Deus a todos os lugares, e como precisamos levar o Reino de Deus para as nossas casas, famílias, povoados, grandes cidades, para as metrópoles ou para a zona rural. O Reino de Deus tem que ser anunciado. Como se anuncia o Reino de Deus? Com desprendimento e sem preocupações humanas. Que preocupações humanas são essas? São aquelas preocupações da nossa humanidade que está sempre tensa com as coisas. “O que vou conseguir? O que vou fazer?”.
Quando vamos anunciar o Reino de Deus nos ocupamos com ele e não com as coisas materiais ou com as vantagens que vamos levar. Quando vamos anunciar o Reino de Deus precisamos ganhar almas para Jesus, pessoas para o Reino de Deus. Não tem nada que se compare a uma alma convertida e evangelizada. Por isso, anuncie com desprendimento, tenha tempo na sua vida para anunciar o Evangelho.
Se o coração precisa estar desprendido o que vamos levar para a casa ou para as pessoas que anunciarmos o Reino de Deus? Levamos o reino da paz, levamos a paz. Em qualquer casa que entrar, dizei: “A paz esteja nesta casa!”, porque as casas do mundo inteiro estão necessitando de paz. O que entra pela televisão e pelas redes sociais, o que entra no meio em que estamos são os conflitos, guerras, disputas e desentendimentos por qualquer coisa.
Quem é de Deus promove a paz, leva a paz, faz a paz acontecer. Pode ser que você não saia da sua casa para ir pessoalmente à casa de outra pessoa mas, hoje, no mundo em que estamos das redes sociais, os vários mecanismos para se evangelizar: televisão, rádio e internet precisam promover a paz.
Se você é um homem e uma mulher de Deus não promovam a guerra, porque não é com guerra que levamos o Reino de Deus, não coloquemos as pessoas umas contra as outras, não promovamos acusações. Sejamos, de fato, promotores da paz. Desprenda-se de si mesmo, das suas convicções, das suas opiniões políticas e partidárias, desprenda-se daquilo que você acha que é o certo ou errado do outro. Tenhamos no coração a paz verdadeira, a paz que vem do coração de Deus.
Não há dom maior que possamos oferecer ao outro do que a paz que vem de Deus. Onde quer que entremos com uma mensagem, com um link que enviarmos, com o que tivermos para enviar ao outro, enviemos sobretudo a paz e não promovamos a guerra.
Deus abençoe você!
Liturgia da Palavra de hoje (4) Liturgia da Palavra de hoje (4) Reviewed by Ricardo Adriano on outubro 04, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste