Adbox
Tecnologia do Blogger.

Asteroide MD8 2013 colide com a Terra, sem danos

Na noite passada, o mundo todo parou para ver a superlua no céu, em seu momento mais próximo da Terra na sua órbita. Hoje outro corpo celeste se aproximou muito do planeta. Mas, nesse caso, se pudesse ser visto a olho nu, no mínimo, iria assustar muito.
O asteroide MD8 2013, que mede entre 38 e 86 metros, está passando aqui bem perto, de acordo com um comunicado divulgado pela NASA. A rocha, que viaja a 13,6 quilômetros por segundo, será destruída quando entrar na atmosfera da Terra e seus detritos provavelmente passarão despercebidos.
Para nossa sorte, ele não deve causar nenhum dano ao planeta – mas e se o impacto fosse prejudicial? A NASA está sempre de olho nessa possibilidade. A agência americana tem uma equipe encarregada em detectar e rastrear objetos potencialmente perigosos (NEOs – Near Earth Objects, da sigla em inglês). Ou seja, cometas ou asteroides que tenham mais de 140 metros e possam chegar a menos de 7,4 milhões de quilômetros da Terra.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: