Adbox
Tecnologia do Blogger.

Preocupado com facções do Brasil, Paraguai expulsa bandidos do PCC e do Comando Vermelho

O governo do Paraguai vem fechando o cerco à expansão das facções criminosas brasileiras, em meio a uma guerra pelo controle do tráfico na fronteira, que opõe há três anos o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV), além de bandidos da região. No ano passado, o país vizinho extraditou 97 presos brasileiros, 60% a mais que os 59 mandados de volta em 2017, conforme dados oficiais. Autoridades paraguaias também investigam suspeitas de suborno a policiais para ajudar traficantes.

Desde dezembro, um programa de cooperação entre os dois países faz com que criminosos presos após cruzar a fronteira sejam rapidamente devolvidos. No ano passado, foram extraditados alguns dos principais chefes do crime organizado, como Jarvis Chimenez Pavão, do PCC, Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Piloto do CV.

De janeiro até o início deste mês, foram mais 15 expulsões, incluindo Fábio Souza Santos, o Geleia, também do CV. Em três anos, o Paraguai passou do 5.º para o 2.º lugar em número de presos brasileiros no exterior, passando Japão, Portugal e Espanha. Agora, está atrás apenas dos Estados Unidos.


Share on Google Plus

Sobre Blog Sociedade Ativa

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: