Adbox
Tecnologia do Blogger.

Liturgia da Palavra de hoje (18)

Primeira Leitura (Êx 3,13-20)
Leitura do Livro do Êxodo.
Naqueles dias, ouvindo a voz do Senhor no meio da sarça, 13Moisés disse a Deus: “Sim, eu irei aos filhos de Israel e lhes direi: ‘O Deus de vossos pais enviou-me a vós’. Mas, se eles perguntarem: ‘Qual é o seu nome?’ o que lhes devo responder?”
14Deus disse a Moisés: “Eu sou aquele que sou”. E acrescentou: “Assim responderás aos filhos de Israel: ‘Eu sou enviou-me a vós’”.
15E Deus disse ainda a Moisés: “Assim dirás aos filhos de Israel: ‘O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, enviou-me a vós’. Este é o meu nome para sempre, e assim serei lembrado de geração em geração. 16Vai, reúne os anciãos de Israel e dize-lhes: ‘O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó, apareceu-me, dizendo: Eu vos visitei e vi tudo o que vos sucede no Egito. 17E decidi tirar-vos da opressão do Egito e conduzir-vos à terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos ferezeus, dos heveus e dos jebuseus, a uma terra onde corre leite e mel.
18Eles te escutarão e tu, com os anciãos de Israel, irás ao rei do Egito e lhe direis: O Senhor, o Deus dos hebreus, veio ao nosso encontro. E, agora, temos de ir, a três dias de marcha no deserto, para oferecermos sacrifícios ao Senhor nosso Deus’.
19Eu sei, no entanto, que o rei do Egito não vos deixará partir, se não for obrigado por mão forte. 20Por isso, estenderei minha mão e castigarei o Egito com toda a sorte de prodígios que vou realizar no meio deles. Depois disso, o rei do Egito vos deixará partir”.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 104,1.5-27)
— O Senhor se lembra sempre da Aliança.
— O Senhor se lembra sempre da Aliança.
— Dai graças ao Senhor, gritai seu nome, anunciai entre as nações seus grandes feitos! Lembrai as maravilhas que ele fez, seus prodígios e as palavras de seus lábios!
— Ele sempre se recorda da Aliança, promulgada a incontáveis gerações; da Aliança que ele fez com Abraão, e do seu santo juramento a Isaac.
— Deus deu um grande crescimento a seu povo e o fez mais forte que os próprios opressores. Ele mudou seus corações para odiá-lo, e trataram com má-fé seus servidores.
— Então mandou Moisés, seu mensageiro, e igualmente Aarão, seu escolhido; por meio deles realizou muitos prodígios e, na terra do Egito, maravilhas.

Evangelho (Mt 11,28-30)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse: 28“Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. 29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Jesus é hoje a entrega das chaves do Reino do Céu a Pedro, seu discípulo, seu discípulo, seu apóstolo, fraquezas de esgrima, mas o homem que professa a fé em Jesus como o Messias como Senhor e Salvador.
Deus confia na nossa fraqueza humana e fortalece-a com o poder da sua oração. Ele confia na fraqueza dos homens que estão diante de sua Igreja, porque a força não vem dos homens, a força vem de Deus, que protege e protege o que é seu.
Hoje celebramos duas colunas da Igreja: Pedro e Paulo, homens essenciais para o anúncio do Evangelho, mas não imprevisíveis, porque o único essencial é Deus.
Deus escolhe homens, geralmente cercados de fraquezas, para realizar essa missão, como é o caso de Pedro e Paulo.
Pedro, ele era um apaixonado discípulo do Mestre, mas cercado de fraquezas quando ele O negou, quando ele hesitou e falhou. Paulo perseguiu, que havia uma mente fechada, mas que ele se permitiu cair pela Terra e o Evangelho o converteu.

Que Deus conceda a sua Igreja nestes dias para andar em firmeza e unidade

Pedro é essencial para a unidade da Igreja e Paulo é fundamental para a expansão da Igreja em toda a Terra. Ambas foram as primeiras colunas da Igreja Primitiva que nasce em Cristo Jesus, a pedra fundamental.
A Igreja, presente em todo o mundo, precisa do espírito de Pedro e Paulo. A Igreja precisa que Pedro seja unido em uma única fé, em um único batismo e no único Senhor que é nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Pedro é para nós o sinal da unidade da fé, num mundo confuso, de muitas idéias confusas, de muitos "eu disse e não disse a mim mesmo", temos à imagem de Pedro, nosso primeiro papa, aquele que nos dá segurança de uma unidade de fé, mesmo que tenha várias visões e sentimentos diferentes, mas a fé é única.
A importância da imagem do papa, mas aqui o papa que é o sucessor de Pedro, hoje se chama Francisco não é a imagem dele, mas o que ele representa e a autoridade que lhe foi dada.
A importância do pai em sua igreja, o bispo em sua diocese é a importância que o papa tem para a unidade da fé. A importância de andar juntos. O elemento fundamental da fé não é dogmas, mas comunhão. Muitas vezes estamos lutando por crenças, dogmas, valores e nos esquecemos do valor essencial que é a comunhão.
A comunhão com Deus, a comunhão entre nós, ocorre através da comunhão da unidade da fé. Pedro é para nós uma imagem de nossa comunhão com Deus, nossa comunhão entre nós, nossa comunhão de fé.
Hoje, precisamos ter muita comunhão com o nosso amado Papa Francisco, escolhido por Deus para os tempos difíceis em que vivemos, onde muitas vezes opostas vozes e divergente, não que eu não posso pensar diferente do papa, mas são vozes que querem nos colocar na direção oposta aquilo que é para nós o símbolo, o sinal, a imagem da unidade da fé.
Que Deus nos conceda a graça ao conceder sua Igreja em meio a muitas tempestades, ventos e situações na direção oposta, mas a Igreja permaneceu segura em Cristo Jesus.
Que Deus conceda hoje a sua Igreja a andar em segurança e unidade. Deus abençoe imensamente o nosso amado Papa Francisco, Viva San Pedro e San Pablo. Viva a Igreja do Senhor.
Deus te abençoe!
Share on Google Plus

Sobre Blog Sociedade Ativa

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: